terça-feira, maio 23, 2006

*espermograma*

Esses dias eu tava colhendo lá no Marylab e me aparece um zé roela pra colher um espermograma:

Eu - Bom Dia seu Zé Roela, o senhor já conhece esse exame?
Zé Roela - É...eu acho que conheço.
Eu - Bom então eu vou explicar: o senhor vai colher todo esperma dentro desse potinho tá bom?
ZR - Tá bom.
Eu - Mas antes eu preciso fazer duas perguntas: o senhor já fez vazectomia?
ZR - Ahn...(pensando)
Eu - É aquela operação pra não ter mais filhos.
ZR - Não, não senhora.
Eu - Faz quantos dias que o senhor está em abstinência sexual?
ZR - O que???
Eu - Quantos dias o senhor está sem fazer sexo? ¬¬
ZR - ah, uns 5 dias...
Eu - Então tá, seu Zé Roela, toma aqui o potinho e o banheiro é a segunda porta do corredor.

E lá vai o seu Zé Roela pro banheiro.Como eu sei que isso vai demorar um pouco, eu chamo outro paciente pra ir adiantando a coleta. É uma criança e o pai veio trazer. SEMPRE que colho sangue de uma criança eu antes converso, faço amizade com meu mini-paciente, explico o que vai acontecer, seguro no colo e brinco(mesmo sem ganhar nenhum centavo a mais por isso, eu faço porque criança não entende e os pais sempre estão nervosos demais).OK,criança calma, pai calmo, já convenci a criança a deixar eu furar.Estou preparando o material e o seu Zé Roela bate na porta.

ZR - Pronto "dotora", tá aqui tudinho! - E me mostra o potinho cheio de urina.
Eu (jogando o potinho fora e dando outro novo) - Não, seu Zé Roela, não é urina, é ESPERMA!
Ele - Ah, não é isso não?
Eu - Não.
ZR - Então já volto.

Eu me volto pro pai da criança com um sorriso amarelo de quem pede desculpa e colho o sangue do bebê que começa a chorar horrores na minha orelha.*Ai*.Feito o curativo e tentando a reconciliação com a criança, o seu Zé Roela bate de novo na minha porta:

ZR - É isso né moça?E me mostra o potinho com um cocôzinho dentro, do tamanho de uma azeitona.
Eu - não seu Zé Roela - e jogo o potinho fora, dando outro novo - é esperma ES-PER-MA!!
ZR - Olha dona 'dotora' num sei o que é isso não.
Eu olho pro pai da criança que está assistindo o show de horror e se segurando pra não morrer de rir.
Eu - seu Zé Roela, escuta, o senhor não sabe o que é esperma,espermatozóide, ejaculação??
ZR - Não.
Tenho ímpetos de falar um palavrão.E nem posso porque estou na presença de outro paciente.
Eu (empurrando seu Zé Roela em direção ao corredor e falando baixinho)- O senhor tem que gozar no potinho entendeu?
ZR - Ah, então era isso??
* * *
Depois eu parei e fiquei pensando, tadjinho do seu zé roela, deve ter sofrido tanto pra fazer aquele cocozinho minusculo, sem vontade nenhuma... HAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAH, QUE BURRO, DÁ ZERO PRA ELE!!!

* * *

Love,


M.

9 comentários:

O pessimista disse...

eu conheço essas histórias surreais, mas ainda não sei se acredito...

=D

Sunset disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Sunset disse...

Eu não sei porque insisto em ler seu blog em momentos e lugares impróprios pra dar risada!
Você, como enfermeira, deveria ter ajudado o ZR na coleta do material!
(6)

E não me conte mais histórias de papanicolau, me fez rir em outra ocasião imprópria!

Sunset disse...

Tá... me rendo!
Pode me linkar aqui, Mel

=D

Sunset disse...

Entonces.... ¿ rola una atualización?

Anônimo disse...

Eu dei mais risada lendo essa pôrra (literalmente) do que ouvindo a 1º participação do JC no Garagem.

Se não fosse o Twitter do Garagem eu não teria descoberto essa pérola de blog. Você é mais sick do que eu.

Je me sens mieux maintenant!

melissa in the sky disse...

Mas, o que o Garagem tem a ver com isso?

Gente, boiei...

Anônimo disse...

Esqueça que seu cabelo é/era/está/ loiro e siga o raciocínio:

1)Te achei no Following do Garagem. Sua foto no avatar do Twitter é muito fofa e me chamou a atenção, a do blog é muito perua.

2) No seu Twitter há um link para seu flog certo?

3) No seu flog há links diversos, entre eles, o do seu blog.

Voila!

melissa in the sky disse...

Touché, 1x0 pra vc.